NOTE! This site uses cookies and similar technologies.

If you not change browser settings, you agree to it.

I understand

SDGs for All

SDGs for All is a joint media project of the global news organization International Press Syndicate (INPS) and the lay Buddhist network Soka Gakkai International (SGI). It aims to promote the Sustainable Development Goals (SDGs), which are at the heart of the 2030 Agenda for Sustainable Development, a comprehensive, far-reaching and people-centred set of universal and transformative goals and targets. It offers in-depth news and analyses of local, national, regional and global action for people, planet and prosperity. This project website is also a reference point for discussions, decisions and substantive actions related to 17 goals and 169 targets to move the world onto a sustainable and resilient path.

Foto: Margaret com uma de suas netas. Crédito: Brian Hodges para o African Women Rising.

Ponto de vista de Linda Eckerbom Cole

A escritora é a Diretora/Fundadora do African Women Rising e desloca-se entre Santa Bárbara, na Califórnia, e Gulu, na Uganda.

SANTA BÁRBARA, Califórnia (IDN) – O African Women Rising (AWR) criou uma campanha para construir 2.000 novos jardins de permacultura, o que ajudará a alimentar 15.000 pessoas em situação de risco que estão enfrentando escassez de alimentos devido à COVID-19. Os jardins de permacultura possibilitam que as comunidades satisfaçam as próprias necessidades alimentares e são uma solução de longo prazo para a fome.

Colagem com o mapa dos estados brasileiros por população (do Wikimedia Commons) e cartão da Renda Básica (do Vox).

Por Pedro Telles

O escritor fez parte da Turma de 2018-2919 de Atlantic Fellows para a Igualdade Económica e Social no International Inequalities Institute, Escola de Economia e Ciência Política de Londres.

SÃO PAULO (IDN) – Dezenas de milhões de brasileiros começaram a receber pagamentos de renda básica destinados a atenuar o impacto económico da COVID-19, após a aprovação do Congresso de um projeto de lei motivado por uma campanha popular a nível nacional iniciada há apenas três semanas.

Foto: Imagem do líder da ONU a apelar a um cessar-fogo global imediato: ONU Web TV.

Por Radwan Jakeem

NOVA IORQUE (IDN) – Num forte apelo a "um imediato cessar-fogo global em todos os cantos do mundo ", o Secretário-geral da ONU António Guterres, no dia 23 de março instou as partes em guerra em todo o mundo a largarem as suas armas em apoio ao maior combate contra a COVID-19: o inimigo comum está agora a ameaçar toda a espécie humana.

O cessar-fogo permitiria que todos os humanitários chegassem às populações que são mais vulneráveis à propagação da COVID-19, que emergiu em primeiro lugar em Wuhan, China, a 29 de dezembro de 2019, e tem sido agora relatada em mais de 180 países. Até agora, há perto de 300 000 casos no mundo inteiro e mais de 12 700 mortes, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Foto: A sessão sobre emergência climática no Festival de Literatura de Jaipur. (Da esquerda para a direita Renata Dessallien, coordenadora residente da ONU na Índia; Namita Waikar, editora-chefe do jornal online PARI; Shubhangi Swarup, escritora e cineasta; Dia Mirza, atriz e advogada da ONU para o desenvolvimento sustentável. Crédito: ONU Índia / Yangerla Jamir.

Por Devinder Kumar

JAPIPUR (IDN) - Como parte do programa Década de Ação para acelerar soluções sustentáveis para todos os maiores desafios do mundo, desde a pobreza e o género às mudanças climáticas, desigualdade e redução do défice financeiro, as Nações Unidas utilizaram uma nova ferramenta no final de janeiro: o maior festival de literatura do mundo na eminente “cidade rosa” da Índia em Jaipur, capital do cénico, quase mágico estado indiano do Rajastão. É conhecida como a Cidade Rosa devido à cor da pedra usada em muitos dos seus gloriosos palácios e monumentos históricos.

Foto: Um assentamento informal em Porto Príncipe, Haiti. Crédito: UN-Habitat/Julius Mwelu.

Por J Nastranis

NOVA YORK (IDN) — Centenas de milhares de haitianos, e 102 funcionários da ONU, perderam suas vidas e milhões foram gravemente afetados pelo terremoto devastador que atingiu esta nação do Caribe dez anos atrás, no dia 12 de janeiro.

O incidente está entre os 10 terremotos mais mortais da história da humanidade, de acordo com um recente do relatório do OCHA (Departamento das Nações Unidas para Coordenação de Assuntos Humanitários). No entanto, o plano humanitário de $ 126 milhões de dólares para o Haiti, lançado em fevereiro, recebeu apenas 32% de financiamento:

Foto: Omid, criança de dez meses desnutrida que sofre de pneumonia é tratada no Hospital Pediátrico de Mofleh, na província de Herat, a oeste do Afeganistão, em 29 de janeiro de 2019. © UNICEF / UN0280720 / Hashimi AFP-Services

De Sean Buchanan

NOVA IORQUE (IDN) – A pneumonia, uma doença completamente evitável, provocou a morte de 800 000 crianças – ou uma criança a cada 39 segundos – com menos de cinco anos no ano passado, mas o financiamento para melhorar as taxas de sobrevivência continua em atraso, de acordo com uma nova análise.

A maioria das mortes ocorreu entre crianças com menos de dois anos, e quase 153 000 no primeiro mês de vida, diz uma análise do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) realizada em setembro de 2019, com base em estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Maternal and Child Epidemiology Estimation Group (Grupo de Estimativa de Epidemiologia da Criança e Materna (MCEE) e o United Nations Inter-agency Group for Child Mortality Estimation (Grupo Interinstitucional das Nações Unidas para a Estimativa da Mortalidade Infantil).

Foto: Mulheres participando de uma manifestação contra a extorsão sexual em Dar es Salaam em 2018. Crédito: Edwin Mjwahuzi

Por Kizito Makoye

DAR ES SALAAM (IDN) – Um pôster exibindo a mensagem “Gradue-se com As, não com AIDS” na Universidade de Dar es Salaam conta uma história cruel de estudantes mulheres que oferecem sexo em troca de notas melhores.

“Meu professor queria sair comigo. Quando eu recusei suas investidas sexuais, ele retaliou me dando notas ruins”, disse Helena (nome fictício). 

A estudante de direito de 23 anos, que desde então sofre com um péssimo desempenho em seus estudos, se preocupa cada vez mais com seu futuro acadêmico.

Foto: O ciclone Idai afetou a vida e os meios de subsistência de quase três milhões de pessoas em Moçambique, Zimbábue e Malawi. Créditos: PNUD Zimbábue

Por Jeffrey Moyo

CHIMANIMANI, Zimbábue (IDN) – O ciclone continuará a afetar a região durante os próximos meses após ter prejudicado os principais meios de subsistência da pesca e da agricultura em uma região predominantemente rural, disse o Programa Mundial de Alimentos (PMA) sobre o caos provocado pelo ciclone Kenneth que atingiu Moçambique em 25 de abril, aproximadamente cinco semanas após o ciclone Idai açoitar o sul da África.

Cerca de 31.000 hectares (76.600 acres) de plantações foram perdidos no auge da época de colheita. “A área já é muito vulnerável à insegurança alimentar,” afirmou o porta-voz Herve Verhoosel.

Foto: Presidente de Angola João Lourenço.

Por Kester Kenn Klomegah*

MOSCOU (IDN) - Muitos países africanos estão à procura de negócios lucrativos, investimentos e comércio, em vez de auxílios de desenvolvimento. Angola, país centro-sul-africano, agora anunciou planos corporativos para diversificar seus negócios estatais, desde a compra até a fabricação completa de equipamentos militares russos para o mercado da África Austral e possivelmente outras regiões do continente – dificultando a realização do Objetivo 16 de Desenvolvimento Sustentável, que clama por paz e justiça.

Photo: Youth Forum in Tokyo. Credit: Yukie Asagiri | IDN-INPS

Por Katsuhiro Asagiri

TÓQUIO (IDN) – Quando a Assembleia Geral da ONU adotou a Declaração Universal dos Direitos Humanos (UDHR) em Paris em 10 de dezembro de 1948, criou um documento-marco na história dos direitos humanos que levava em conta as experiências terríveis da Segunda Guerra Mundial.

Com o final daquela guerra, e a criação das Nações Unidas, a comunidade internacional jurou nunca mais permitir que atrocidades como aquelas da Segunda Guerra Mundial acontecessem novamente. Jurou, pela primeira vez, que direitos humanos fundamentais fossem protegidos universalmente.

Page 1 of 4

Striving

Striving for People Planet and Peace 2019

Mapting

MAPTING

Fostering Global Citizenship

Partners

SDG Media Compact


Please publish modules in offcanvas position.